Magistrados, advogados, funcionários do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), alunos e convidados compareceram na manhã desta quinta-feira (9/8) para a inauguração da exposição “Eleições no Brasil: a Conquista da Transparência e da Legitimidade”, no Museu do Voto do TSE, em Brasília (DF). A mostra, de curadoria da Secretaria de Gestão da Informação do Tribunal (SGI/TSE), tem como objetivo explicar como foram realizadas as eleições no Brasil da Colônia até a República. A exposição estará aberta ao público das 12h às 19h até 9 de agosto de 2019.

Coube ao presidente do TSE, ministro Luiz Fux, inaugurar a mostra, cuja realização foi elogiada pelo papel fundamental da exposição como ferramenta de registro da democracia brasileira. “Esse trabalho é uma experiência que vale mais do que uma leitura, porque fixa em nossa mente a ideia de como o Brasil seguiu a regra da democracia, das eleições livres e do voto direto, secreto e consciente”, disse.

O ministro fez questão de destacar a iniciativa no contexto de sua passagem pela Presidência do Tribunal. “No limiar do término do meu mandato, vamos consagrar nossa gestão com uma exposição que faz um resgate histórico do processo eleitoral do país”, disse.

A exposição

“Eleições no Brasil: a Conquista da Transparência e da Legitimidade” registra a evolução das eleições em cada período histórico nacional, mostrando um pouco do contexto do Brasil Colônia, Império e em todas as fases da República.

São três nichos: “Voto D’Além Mar” (1532-1822), “O Voto nos Tempos do Imperador” (1822-1889) e o “Período Republicano Brasileiro” (1889 até os dias atuais). No conjunto é possível encontrar curiosidades, como uma imagem rara da ativista feminista Berta Maria Lutz, que, em 1927, utilizava um avião para lançar panfletos com propaganda para o voto feminino.

Também estão na mostra documentos preciosos, como títulos eleitorais originais do início do século, mapas de votação manuais e, ainda, a evolução das urnas, que vão de simples invólucros de madeira até as atuais, eletrônicas e providas da mais alta tecnologia.

A exposição é gratuita, e as visitas guiadas deverão ser previamente agendadas pelo e-mail museu@tse.jus.br.

Fonte: TSE