O Teste Público de Segurança 2019 (TPS) do Sistema Eletrônico de Votação recebeu 18 pré-inscrições de interessados em participar do evento, sendo 11 individuais e 7 de grupos. No entanto, esse número ainda não é definitivo e só será confirmado no dia 3 de outubro, quando haverá a publicação do edital com os selecionados. A lista completa será disponibilizada no hotsite do TPS 2019.

Após a publicação dos selecionados, os pré-inscritos não aprovados terão de 4 a 8 de outubro para recorrer. O resultado dessa etapa será divulgado no dia 10 de outubro, também no site do evento. Já os investigadores que tiverem suas pré-inscrições aprovadas deverão submeter seus planos de teste no período de 14 a 27 de outubro. A publicação das inscrições aprovadas ocorrerá em 30 de outubro.

Edição

O TPS 2019 ocorrerá entre os dias 25 e 29 de novembro, quando especialistas em Tecnologia e Segurança da Informação participarão, na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), da 5ª edição do evento, que terá como foco o sistema eletrônico de votação que será utilizado nas Eleições Municipais de 2020.

Realizado desde 2009 com o objetivo de identificar e corrigir eventuais vulnerabilidades relacionadas à violação da integridade ou do anonimato dos votos de uma eleição, o TPS abre os sistemas eleitorais para que investigadores tentem quebrar as barreiras de segurança do processo de votação, executando planos de ataque aos componentes externos e internos da urna eletrônica.

O Teste Público de Segurança é restrito a brasileiros que tenham, no mínimo, 18 anos completos e que atendam aos requisitos do edital. A finalidade do TPS é fortalecer a confiabilidade, a transparência e a segurança da captação e da apuração dos votos, além de propiciar melhorias ao processo eleitoral.

Fonte: TSE